VACINÔMETRO

Atualizado em 30-09-2022 12:03

DOSES APLICADAS

5.953.630

PRIMEIRA DOSE

2.258.513

SEGUNDA DOSE

1.969.104

DOSE ÚNICA

257.931

Percentual da população do MS com esquema vacinal completo.

79.27%

Mais de 83 mil pessoas foram imunizadas na fronteira com estudo da Janssen

Categoria: Sem categoria | Publicado: quinta-feira, julho 8, 2021 as 16:45 | Voltar

Considerado o maior estudo de vacinação em massa do país, a Secretaria de Estado de Saúde informa nesta quinta-feira (8), até o momento que 83.119 pessoas foram imunizadas com a vacina da Janssen, contra a Covid-19, nos 13 municípios da região de fronteira em Mato Grosso do Sul.

Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, Mato Grosso do Sul vem somando esforços para ser o primeiro Estado do país a sair desta pandemia. “Nós conseguimos esse feito histórico. Esse processo de imunização nos 13 municípios foi extremamente importante para nós. São municípios que compõe a região de fronteira de nosso Estado e criamos esse cinturão sanitário. Acredito que é a maior conquista que nós tivemos até momento neste enfrentamento à Covid-19”.

Segundo o Diretor de Saúde e Assessor Técnico do Corpo de Bombeiros Militar na SES, Coronel Marcello Fraiha, os municípios estão empenhados em cumprir as metas estabelecidas. “A equipe de Imunização e Vigilância Epidemiológica da SES avalia que com a criação deste cinturão sanitário diminuirá sensivelmente os riscos de novos casos e trará impacto positivo na situação epidemiológica no Estado. Essa barreira vai reduzir a circulação de variantes e contribuir para a redução na taxa de ocupação de leitos hospitalares e poderá evitar novos óbitos”.

Os índices nos 13 municípios se elevaram a partir da aplicação da vacina da Janssen, estima-se que 85,7% da população adulta da região tenha tomado pelo menos - uma dose de vacina. Ao todo, seis municípios apresentam índices excelentes como Antônio João, Japorã, Mundo Novo, Paranhos, Ponta Porã e Sete Quedas.

Referência nacional

Mato Grosso do Sul está à frente dos demais estados em relação a tomadas de ações para o enfrentamento à Covid-19, destacam técnicos da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) em nova avaliação para o Estado. Além da adoção de medidas não farmacológica como: o uso de máscara e o distanciamento físico. O Estado avança no aproveitamento de doses utilizadas de vacina e no mapeamento genômico tornando-se referência para o país.

O Estado também se tornou destaque na transparência da divulgação dos dados sobre a imunização, sendo classificado no nível “ótimo”, em pesquisa realizada por professores da UFBA (Universidade Federal da Bahia) e UDESC (Universidade Estadual de Santa Catarina).

Rodson Lima, SES

Publicado por: Rodson Carmo de Lima

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.