VACINÔMETRO

Atualizado em 03-12-2022 10:42

DOSES APLICADAS

5.980.579

PRIMEIRA DOSE

2.262.254

SEGUNDA DOSE

1.974.483

DOSE ÚNICA

257.964

Percentual da população do MS com esquema vacinal completo.

79.46%

Coronavírus: Governo de MS recebe mais de 10 mil testes

Categoria: Sem categoria | Publicado: quinta-feira, abril 23, 2020 as 14:37 | Voltar

Campo Grande (MS) – Para auxiliar no combate ao coronavírus, o Governo de MS, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), recebeu, nesta quinta-feira (23), mais de 10.080 testes RT PCR, de biologia molecular, para diagnóstico da doença.

O material veio do Rio de Janeiro, graças à união de esforços entre a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), instituição vinculada ao Ministério da Saúde, e a Casa Militar do Governo do Estado, e chegou à capital do Estado ainda na manhã de hoje. A agilidade na entrega é o diferencial na estratégia para conter a doença, como avalia, o diretor do Lacen (Laboratório Central), Luiz Henrique Ferraz Demarchi: “A quantidade atenderá a população do Estado e garantirá a entrega dos resultados em tempo oportuno”.

Diretor do Lacen recebeu os 10 mil exames

Segundo Demarchi, a média diária de diagnóstico no Lacen oscila entre 50 e 70 testes por dia para o Covid-19. “Até o momento já fizemos 2 mil testes para o coronavírus”, afirmou o diretor que participou da entrega.

O tenente coronel, Adalberto Ortale Junior, participou a ação e explicou a logística que contou com o trabalho de mais quatro oficiais da Casa Militar. “O cuidado que a gente tem é manter o material dentro da aeronave devido a temperatura externa, muito baixa, por isso não usamos os bagageiros”.

Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, a chegada desses testes proporci

Casa Militar atuou no transporte dos exames

onará resultados positivos no controle da doença. “Representa um alívio, ainda mais diante do aumento dos atendimentos nos drives-thru que na próxima semana também contemplará Três Lagoas e Dourados, uma iniciativa pioneira do nosso Estado”.

Demarchi atesta a importância e a qualidade do material recebido pelo Governo Federal. “São testes que conseguem diagnosticar a doença nos primeiros sete dias”.

 

Ana Brito - Subsecretaria de Comunicação

Fotos - Edemir Rodrigues

Publicado por: araes

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.